Adenomiose - Informação sumária

A adenomiose é uma situação sub diagnosticada, contudo, graças ao desenvolvimento e expansão da embolização uterina, o interesse por esta entidade tem aumentado.
Consiste na presença de endométrio, a camada mais interna do útero, na camada muscular. A adenomiose pode ser difusa invadindo todo o útero, ou focal com invasão de apenas uma área do útero, o adenomioma, que se pode confundir com um fibromioma, particularmente na ecografia. O diagnóstico é feito pela Ressonância Magnética.

A adenomiose pode ou não acompanhar-se de fibromiomas. As principais queixas da adenomiose são hemorragias menstruais graves, dores intensas, e aumento de dimensões do útero e do abdómen.
Existem já algumas publicações sobre embolização das artérias uterinas na adenomiose. Na nossa casuística, temos cerca de 50 doentes já tratadas, tendo obtido melhoria da sintomatologia na maioria das doentes com adenomiose.
O tratamento efectuado na maioria dos casos é a histerectomia. Contudo, efectua-se cada vez mais a embolização no tratamento da adenomiose.
A adenomiose é mais frequente em pacientes que já tiveram filhos, contudo pode surgir em mulheres que nunca engravidaram.
O trauma uterino durante o parto e infecções após o parto tem sido mencionados como possíveis causas.
A parede posterior do útero é mais frequentemente envolvida do que a parede anterior.


a – Ressonância magnética – zona cinzenta de 3.29 cm de espessura
(zona de junção devido a adenomiose).

b – RM 6 meses depois – zona escura por redução da vascularização
e da espessura da zona de adenomiose para 1.93 cm, como resultado da embolização.

Partilhe este conteúdo

Comentários: 82

  1. elizabetep says:

    respondido por email

  2. tlou says:

    Boa noite,

    Tenho 35,um filho com 3 anos (cesariana) e estou a tentar engravidar desde novembro de 2012 sem sucesso. Em Outubro passado fiz ecografia e foi visto 3 quistos possivelmente hemorrágicos, no lado esquerdo 42 mm e no direito um com 23.5 e 22 mm. Ontem fiz nova eco de controle e só foi referido no resultado 2 quisto hemorrágicos com 18.8 mm e 17.4 mm, foi também referido e cito “… Útero em anteversão, alongado e globoso, de contornos regulares e ecoestrutura discreta e difusamente heterogénea, observando se sinais de discreta adenomiose…”
    tenho feito alguma pesquisa e nem sei bem o que pensar e será possível uma nova gravidez.
    Não apresento sintomas de maior, apenar aumento do fluxo depois da gravidez mas sempre achei natural e cólicas ligeiras, nada de insuportável.
    Se me poder dar uma luz sobre o assunto agradeço.

  3. elizabetep says:

    respondido por email

  4. Flávia L. Rodrigues says:

    Tenho 34 anos, fui diagnosticada com adenomiose, estou tentando engravidar a 1 ano, meu utero está com um volume de 223 centímetros cubicos. Quero muito engravidar. O que fazer?

  5. elizabetep says:

    respondido por email

  6. Klymene says:

    Olá, estou tentando engravidar há 3 anos, tenho um filho de 10 anos, e na última ultrassonografia que fiz, o médico “sugeriu” uma adenomiose, já que um dos lados da parede do útero está maior que a outra. Tenho tido sangramentos durante todo o ciclo. Tenho sangramento vaginal após relação sexual e quando faço força para evacuar. Já passei por vários médicos, como disse, há 3 anos, mas ninguém sabe o que tenho, somente agora surgiu essa hipótese. O que posso fazer? Quero ter mais um filho, quais as possibilidades de tratamento. Por favor me ajude, eu não sei mais para onde correr!

  7. Pina says:

    vai ser respondido por mail

  8. Mariza Fontenla says:

    A adenomiose cessa com a menopausa?

  9. Pina says:

    Nao

  10. soily leao says:

    Ola moro no interior de goias brasil meu nome e soily ha 7 anos descobri q tenho endometriose,agora recente cim o exame de ressonancia descobri tbm a adenomiose,tenho 30 anos e nunca tive filhos,tenho uma pessima qualidade de vida, sinto fortes dores,nao consigo ter uma vida normal,tem algum tratamento especifico p mim,tem como eu melhorar e qm sabe ter um filho,esqueci de falar ja fiz video para retirafa de endometriose,usei zoladex e agora to cm mirena,meu medico quer mudar o tratamento para allurena ou coisa parecida,me ajude me dicas de onde fazer tratamento especifico psra essas doencas. Muito grata soily leao

  11. soily leao says:

    OLá meu nome é soily,to com um problema sério de endometriose e adenomiose,tenho 30 anos e nao tenho filhos,sofro com muitas dores,sangramentos minha qualidade de vida é pessima, vi sobre o tratamento com embolização como faço pra conseguir uma consulta moro no brasil,me ajuda o que faço??? (64)99296129
    soily

  12. Laís Medrado says:

    Bom dia!
    Tenho 27 anos, há dois anos fui diagnosticada com adenomiose, tomo pilulas anticoncepcionais com uso contínuo, sinto muitas cólicas, dor no ato sexual e as vezes menstruo mais de uma vez no mês e por muitos dias. Gostaria de saber como faço pra engravidar se há algum procedimento a adotar, ou se simplesmente é só parar de tomar o anticoncepcional?

    Grata!

  13. Pina says:

    Deve fazer a embolização

  14. mariza says:

    tenho 49 anos, estu tomando gestinol 28 para nao menstruar,ocore3 que mesmo assim estou menstruando. Se a adenomiose nao desaparece com a menopausa , seria correto afirmar que a melhor opcao seria a retirada do utero

  15. Msilva says:

    Fiz embizaçao há um ano devido a adenomiose. Tenho notado o meu fluxo menstrual menos intenso e mais escuro. Poderá estar relacionado? Tenho 30 anos e pretendo engravidar. Obrigada

  16. Pina says:

    ira ser respondido por mail

  17. Poliana Castelo Branco says:

    Boa tarde.

    Tenho uma filha de 10 anos, tento engravidar desde 2013 e investigando a infertilidade foi visto na RM uma “pequena área de espessamento na zona juncional anterior do útero medindo aproximadamente 15 mm de espessura sugerindo adenomiose focal” porem em nenhuma outra US foi citado algo do tipo, mas fiz outra US depois do resultado da RM e o laudo diz ” ” junto a cavidade endometrial pequena imagem anecoica , com 5,3mm podendo corresponder a foco de adenomiose.”

    Será esse o motivo de não engravidar? o que devo fazer , uma vez que dois ginecos já tinham visto o resultado dessa RM e não deram importância a essa informação.
    Se puder me orientar… Agradeço muito.

  18. Pina says:

    sera respondido por email

  19. Ana reis says:

    Boa tarde,tenho 33anos e fiz um endovagina, e descobrir que estou com adenomiose, e estou tentando engravidar,

  20. Darlene says:

    Bom dia! Eu fiz um endovaginal com preparação e fui diagnosticada com adenomiose. Sinto muita dor pélvica do lado esquerdo como se fosse umas apontadas que tbm reflete no meu anus. É as vezes em forma de cólica tbm. Tem alguém ai com sintomas parecido com o meu. Ainda vou levar resultados para médico avaliar.

  21. Pina says:

    ira ser respondido por mail

  22. Pina says:

    ira ser respondido por mail

  23. Danielle Roberta says:

    Ola boa tarde. Ja fiz ressonância e fuas endovaginal e acham todas dao adenomiose. Acharam que era mola. Mas todos os betas deram negativos. Estou com medo dessa adenomiose porque desde que tive um aborto nao menstruei. Tive uma hemorragia e por isso to nessa luta

  24. Pina says:

    ira ser respondido por mail

  25. Luciana oliveira says:

    Ola! Fui diagnosticada com sugestão de adenomiose, meu médico indicou o diu mirena, coloquei a 6 meses e a 4 dias meu corpo expeliu o diu. Tenho 41 anos e o volume do meu útero era de 330, e nesses 6 meses diminui para 250 o volume. Agora estou com sangramento intenso é muito sangue coagulado. O que faço? Devo tentar colocar novamente o diu? O meu médico sugeriu uma curetagem mas como desejo engravidar não quis fazer. Qual sua indicação? Por favor me ajude!!! Quero me tratar pra engravidar

  26. thatielly says:

    Olá,boa tarde,a dois anos fui diagnosticada com adenomiose,sinto muita dor pelvica e muita dor no termino da relação,por exemplo,tem hemorragias frequentes,porém tenho apenas 24 anos e 1 filho,mas queria muito fazer a histerectomia,pq não suporto mais tanta dor,porém acredito que não fariam pela minha idade,será que tem alguma probabilidade de retirarem? obrigada

  27. Sofela Salavisa says:

    Olá boa noite, tenho 40 anos e estou a tentar engravidar a de 6 anos, depois de varias consultas ginecológica e so agora fui diagnosticada com Adenomiose uterina difusa, estou desesperada quero muito ter filhos.
    fiz a RM e o relatório diz que o meu utero esta medindo 10,5×6,5×6,0 cm de eixos L x T x AP.

    neste momento ainda estou a espera de orientação da medica, mas ja estou a um mês a espera e o tempo esta a passar e estou a ficar desesperada.
    o quê que devo fazer?
    preciso de ajuda.

  28. Maria says:

    Boa tarde
    Hj realizei um Trans e constou Adenomiose
    Tive uma gravidez ectópica a 3 meses e removi uma trompa D.
    Estou super insegura e não sei o q fz. Me ajudem obgda Maria

  29. Pina says:

    responderemos via email

  30. DENIZE KER LIMA says:

    Estou com 49 anos e pelo exame hormonais, estou longe da menopausa. Fiz uma videohisteroscopia cirúrgica e o médico falou em adenomiose. Nos últimos meses sinto muita cólica e sangramento fora da menstruação.
    Qual seria a melhor opção?

  31. Pina says:

    ira ser respondido por mail

  32. Edna Maria dos santos says:

    Meu nome é Edna descobrir que tenho adonominiose e nesse período tive uma trombose certo gostaria de saber o melhor tratamento pois não posso tomar qualquer medicação qual a melhor indicação

  33. Pina says:

    Será respondido por email.

Deixe o seu comentário: