Cancro da Próstata- Novo Tratamento - Controlo Laboratorial

 

Nos doentes sujeitos a quimioembolização intra-arterial o PSA deve determinar-se mensalmente até aos 6 meses e depois de 3 em 3 meses. Ressonância magnética prostática deve repetir-se aos 12 meses e depois anualmente. Ecografia prostática e fluxo urinário devem efetuar-se aos 6 e 12 meses e depois anualmente. O doente deve ser informado periodicamente do resultado da quimioembolização. Se decorridos 6 meses após a quimioembolização os resultados laboratoriais e imagiológicos não revelarem evidente melhoria, o doente será aconselhado a optar por terapêutica alternativa. Esta é a vantagem da quimioembolização. Efetivamente, se o doente optar no inicio por outra alternativa terapêutica, não poderá posteriormente efetuar a quimioembolização.

Partilhe este conteúdo

Deixe o seu comentário: