Fibromiomas - Pós embolização

Completada a embolização, retira-se o cateter, efectua-se compressão manual durante cerca de 5 minutos, a que se segue colocação de pequeno penso compressivo que deve ser mantido até à manhã seguinte. A paciente regressa ao seu quarto, onde analgésicos e anti-inflamatórios lhe são administrados por via envodenosa. Duas horas após a embolização a doente já se pode levantar do seu leito e ir à casa de banho.

Após a embolização a doente pode referir algumas dores, náuseas ou vómitos, que são tratadas por medicamentos. Presentemente, no Hospital St. Louis, cerca de metade das doentes não refere qualquer queixa. Cerca de 3 horas após a embolização a doente inicia a medicação oral e se estiver assintomática irá para casa, 4 a 6 horas depois, o que acontece, presentemente, na totalidade das doentes que tratamos.

Fig. 1 - Terminada a embolização retira-se o cateter e faz-se compressão manual durante 5 mins.

Fig. 1 – Terminada a embolização retira-se o cateter e faz-se compressão manual durante 5 mins.

Fig. 2 - Terminada a compressão não se observa qualquer orifício, ou cicatriz pois não são necessários pontos.

Fig. 2 – Terminada a compressão, não se observa qualquer orifício ou incisão, pelo que  não são necessários pontos.

Fig. 3 - Penso colocado sobre a zona onde se introduziu o cateter.

Fig. 3 – Penso colocado sobre a zona onde se introduziu o cateter.

Partilhe este conteúdo

Comentários: 1

  1. Carlos Manuel Baptista Pinheiro says:

    (Continuação)

    Como moro no Entroncamento, gostaria de saber se há aqui perto, doentes tratados por vós com os quais pudesse falar!
    Obrigado

Deixe o seu comentário: