Hiperplasia Benigna da Próstata - Novo tratamento - Diferentes passos da Embolização

Após a desinfecção das virilhas e anestesia da pele da virilha direita coloca-se um cateter, que é um tubo de plástico de 1.5mm de diâmetro numa artéria dessa virilha. Começa-se por obter angiografia ou seja radiografia dos vasos pélvicos, para avaliação da sua anatomia. De seguida, mediante monitorização por aparelho de raios X sofisticado e moderno, coloca-se dentro do cateter um microcateter de 0.3 mm com o qual se cateterizam selectivamente as artérias prostáticas esquerdas. Procede-se então, à embolização, ou seja, o entupimento das artérias prostáticas esquerdas com microesferas de material sintético de polivinil álcool. Este material é inócuo, sem reacções da parte do organismo e é utilizado nos EUA há mais de 40 anos em embolizações. É reabsorvido lentamente, tendo desaparecido completamente ao fim de 6 meses. Nós próprios o utilizamos há mais de 30 anos. Consideramos terminada a embolização, quando, sob controlo radiológico se verificar entupimento dos pequenos vasos prostáticos que irrigam a próstata, mantendo-se contudo a permeabilidade das artérias pudendas internas e do pénis, que é importante, para manter a potência sexual. Depois, o mesmo cateter retira-se das artérias prostáticas esquerdas e é dirigido pelo mesmo processo para as artérias prostáticas direitas que se embolizam de igual forma. Nos casos de vasos tortuosos poderá raramente ser necessário a colocação de um cateter em cada uma das virilhas.

A técnica dura aproximadamente uma a duas horas, estando o doente consciente e podendo visualizar o tratamento. Durante ou após a embolização, na maioria das vezes, não há dor nem qualquer outro sintoma. As sensações incómodas, se surgirem, são evitadas com a administração de medicamentos.

Vários passos na realização da embolização prostática

Sob controlo dos raios X, o cateter é dirigido para cada uma das artérias prostáticas, para obtenção da angiografia que é a radiografia dos ramos das artérias que irrigam a próstata, mediante contraste injectado.

Fig. 1 – Mesa de angiografia onde a paciente é deitada.

Imagem1

Fig. 2 Doente já deitado na mesa, todo coberto por um pano esterilizado, excepto face e virilhas.

Imagem2

Fig.3 – Anestesia local na virilha direita por pequena agulha

Imagem3

Fig. 4 – Cateter já introduzido

Imagem4

Fig. 5 – Equipa médica.

Imagem5

Fig. 6 – Seringa com partículas de álcool polivenil. Estas introduzem-se através de cateter, com as quais se vão ocluir os vasos que irrigam a próstata deixando contudo as artérias pudendas internas permeáveis para que o paciente mantenha a potência.

Imagem6

Fig.7

Fig.7

A – Angiografia da arteria iliaca direita

B – Angiografia da arteria prostática direita antes da embolização

C – Depois da embolização, observam-se menos vasos.

D – Angiografia da arteria iliaca esquerda

E – Angiografia da arteria prostática esquerda antes da embolização

F – Depois da embolização, observam-se menos vasos.

G – Cateter.

Partilhe este conteúdo

Comentários: 89

  1. júlio rodrigues says:

    Os meus melhores cumprimentos.
    sou enfermeiro chefe nos hospitais da universidade de coimbra e, tenho uma hip+erplasia benigna,tenho 61anos, há 50 anos, o meu pai, penso q tenha morrido de carcinoma prostático e, em janeiro de 2008, após ecografia prostática trans-rectal, apresentava um volume de 40cc, com psa dentro dos limites, um ano depois, tinha 28cc e, este ano tinha aumentado cerca de 12cc.estou medicado com alfuzosina 5mg e permixon 160mg, uma x ao dia, passo razoavelmente bem, embora a micção seja interrompida e com jacto curto, normalmente, com ligeira retenção. A minha pergunta é se devo fazer a embolização, e se sim o k é necessário providenciar e como marcar consulta.
    atenciosamente
    júlio rodrigues

  2. simplicio matos dos santos says:

    Gostaria de saber aonde se faz a “Embolização das Artérias da Próstata”. o orçamento e a possibilidade de cirurgia imediata…

  3. Luís Delgado says:

    Tenho HBP; próstata com 200cc; pergunto, à qual agradeço uma resposta:
    Qual a diferença entre uma intervenção através de:
    -Laser verde
    -Laser holmium
    -Embolização prostática
    Tenho que ser intervencionado com urgência, mas a minha dúvida acerca do método está a causar-me problemas.

  4. Ana Maria Lourenço says:

    Gostaria de saber se este procedimento tem cobertura de
    planos de saude como por exemplo o Sulamérica.
    Grata.

  5. Antonio Sebastião Pereira da Silva says:

    Quem executa esta técnica embolização prostatica com competencia no Brasil ?

    Obrigado.

    Antonio

  6. Dilio Martinho says:

    Estimados Senhores
    Estou com hpb da prostata e com 59 anos de idade. Li os vários artigos na Net do Prof. Marins Pisco sobre embolização masculina, bem como uma peça a que assisti na TV. O método do Professor parece-me simples e eficaz!?
    Pretendo fazer marcação de uma consulta, mas solicito que me informem, se existe algum método de pagamento faseado relativamente ao custo da cirurgia… Bem hajam.

  7. manuel santos duarte says:

    qual o custo aproximado da embolizaçao prostatica,incluindo sala de operaçoes

    obrigado

  8. elizabetep says:

    Exmo. Senhor

    O valor da Embolização das Artérias Prostáticas é 4.300€, que inclui 1 noite de internamneto e todos os custos inerentes á intervenção.

    Melhores cumprimentos,
    Elisabete

  9. Favor informe onde poderia ser feita , já que resido no Rio de janeiro .Gostaria de saber o custo total dessa cirurgia ( hospital,cirurgia,anestesia etc )
    Obrigado Edilson Santos

  10. Lúcio Pereira dos Santos Antunes says:

    Tenho 55 anos,com o PSA elevadíssimo e ao fim de fazer 2 biópsias que deram o resultado de cancro benigno, mas passados 18 meses fiz outra biópsia e acusou maligno. Estou à 3 meses à espera de ser operado, gostaria de saber se o vosso método ainda resultará em mim, e qual a quantia que tinha de dispor.

    Com os meus cumprimentos

    Lúcio Antunes

  11. Arone Galante Neto says:

    Por favor, informem se esse procedimento e coberto pelo plano de saude PAME-VW.
    Grato.

  12. Manuel Goncalves says:

    Sou aposentado da Caixa Geral de Depósitos.
    Tenho 74 anos de idade e há vários anos que tenho problemas relacionados com H. B. P..Tenho também varicocelos há bastantes anos.
    Já fui paciente do Exmo. Senhor Dr. Luís Borges durante alguns anos e ultimamente continuo a ser medicado com tansulosina e finasteride.
    Gostaria de saber se porventura têm acordo com os Serviços Sociais da Caixa Geral de Depósitos.
    Ou outras informações que entendessem poder ser-me úteis.
    Os meus melhores cumprimentos
    Manuel Gonçalves.

  13. VITOR MANUEL OLIVEIRA QUARTAU says:

    Tenho HBP há mais de dez anos.
    Estou interessado em ser consultado pela vossa equipa do Dr. Martins Pisco.
    Agradeço confirmação.
    Cumprimentos
    Vítor Quartau

  14. elizabetep says:

    Prezado Vitor,

    Para ser avaliado deve marcar uma consulta pelo nº 21.3216500/57 e ser portador dos exames ecografia transrectal, Fluxometria e PSA.
    No entanto caso não seja portador destes exames poderemos na consulta requisitá-los.

    Melhores cumprimentos,
    João Martins Pisco

  15. José Aparecido de Souza Barros says:

    Onde poderá ser realizado este procedimento cirurgico no Brasil e qual o custo para um paciente sem plano de saúde ? Agradecimentos antecipados .

  16. ARNALDO DE OLIVEIRA says:

    Moro em Brasília. Tenho 72 anos. Solicito informar sobre o custo da intervenção e onde posso buscar atendimento.
    Muito obrigado.

  17. ARNALDO DE OLIVEIRA says:

    Venho acompanhando com grande interesse tudo que se publica sobre esse novo método de tratamento. A embolização das artérias da próstata, para o meu caso, chegou em boa hora.
    Permitam-me informar alguns dados, pois espero resposta sobre onde posso ser avaliado para possível atendimento. Resido em Brasília, tenho 72 anos.
    Muito obrigado.

  18. J. Martins says:

    Após ecografia transretal foi diagnosticado HBP com prostata de 32g. A fluxometria e a cistoscopia realizada apontam para obtrução infravesical e aperto do colo, respetivamente. A questão é, se a embolização prostatica resolve as duas situações. Idade 41 anos. Obrigado.

  19. elizabetep says:

    Exmo. Senhor,
    Qualquer questão deverá enviar um e-mail para jpisco@hslouis.pt mailto:jpisco@hslouis.pt
    Cumprimentos,

  20. César Nunes says:

    Boa tarde
    Resido em França e estou interessado na embolização.
    Jà reformado,posso deslocar-me com facilidade.
    Haverà possibilidade de acordo da segurança social?
    Quais são as possibilidades?
    Obrigado

  21. César Nunes says:

    Boa tarde.
    Serà possìvel informar-me se existe a possibilidade da intervenção ser comparticipada pela caixa de segurança social francesa?
    Se for possivel agradeço que me envie a informação dos passos a seguir.
    Desde jà muito obrigado
    CNunes

  22. Joaquim Manuel Silva says:

    Boa tarde
    Por favor, informem em que País a embolização está a ser feita e se a mesma é possivel em Portugal. Em caso afirmativo, agradeço indicar onde e o seu custo total.
    Cumprimentos

  23. João Florencio da Silva Toucinho says:

    Exmª Equipa do Dr. Martins Pisco

    Tenho 57 anos e à cerca de dois anos foi-me diagnosticada HBP com cerca de 33 grs. Há cerca de 15 dias e porque os valores do PSA eram altos fiz biópsia prostática que resultou em não vestígios de neoplasia. Não tenho dificuldades de micção, o jacto parece-me normal, durante a noite levanto-me uma vez para urinar, no entanto por vezes tenho uma sensação de urgência, sobretudo se beber muita água. Será aconselhável fazer embolização, se sim o que devo fazer? qual o valor da intervenção e qual a comparticipação da ADSE? Obrigado
    João Florencio

  24. adelson moraes ribeiro says:

    Bom Dia!

    Parabens pela nova tecnica. Tenho 61 anos, estou com HBP, gostaria de saber se aqui no Brasil ja dispõe dessa nova tecnica.

    no aguardo
    FORTE ABRAÇO
    ADELSON MORAES

  25. SÉRGIO MARQUES says:

    GOSTARIA DE SABER QUEM NO RIO DE JANEIRO FAZ ESTE TIPO DE PROCEDIMENTO (EMBOLIZAÇÃO DAS ARTERIAS PROSTATICA).OBRIGADO. MEU EMAIL sergiomarques10@hotmail.com.br

  26. dr luis contreras theurel cirujano says:

    mucho le agradecere me informe si en me
    xico alguien esta efectuando su tecnica

  27. ANTONIO CARLOS COUTINHO says:

    SOU PORTADOR DE HPB, MINHA PRÓSTATA PESA 107g, CONSTADO DESDE OS MEUS 40 ANOS, HOJE TENHO 61 ANOS. TOME VÁRIOS MEDICAMENTOS, VENHO PROTELANDO UMA CIRURGIA NEM SEI ATÉ QUANDO VOU CONSEGUIR, UMA VEZ QUE URINO 4 A 5 VEZES DURANTE A NOITE, EM ALGUMAS OCASIÕES, CHEGUEI MESMO E ME URINAR TODO, SEM CONTAR COM A PARTE SEXUAL, BLA, BLA, BLA, TUDO AQUILO QUE VCES JÁ CONHECEM.
    GOSTARIA DE ALGUMA FORMA ME SUBMETER AO TRATAMENTO DE EMBOLIZAÇÃO, MAS NÃO SEI ONDE OU A QUEM PROCURAR. COMO VOCES PODEM ME AJUDAR? FICAREI O RESTO DE MINHA VIDA AGRADECIDO

    ANTONIO CARLOS COUTINHO

  28. manuel paulo says:

    Gostaria de saber se a embolizaçao se faz em portugal,o contato ou morada, preço se possivel.

  29. Giovanni Mario Martino says:

    Desejo obter informaçoes detalhadas sobre o procedimento.

    Grato

  30. elizabetep says:

    Sim a embolização é feita no Hospital ST. Louis na Rua luz Soriano, 182. o telefone de contato é 213216557

  31. elizabetep says:

    Deve marcar uma consulta pelo número 213216557

  32. elizabetep says:

    EMBOLIZAÇÃO
    A embolização das artérias prostáticas (EAP) no Tratamento da Hiperplasia Benigna da Próstata (HBP) é uma nova aplicação de uma tecnologia já muito conhecida e usada em Medicina, sob investigação em vários procedimentos e especialidades médicas. Efectivamente a embolização efectua-se com sucesso há quase meio século, nós próprios realizamo-la há mais de 35 anos em vários procedimentos e especialidades médicas. Os materiais utilizados são catéteres, guias e as partículas de polivinil álcool (PVA). É uma técnica minimamente invasiva que permite o alívio dos sintomas das vias urinárias nos doentes com HBP, que é realizada no Hospital de S. Louis, com bons resultados preliminares.

    O seu objectivo é interromper parcialmente a circulação sanguínea que irriga a próstata, permitindo um alivio da sintomatologia das vias urinárias inferiores associada à HBP, bem como uma redução no volume da próstata.
    A equipa de Radiologia de Intervenção do Hospital Saint Louis, depois de ter efectuado a embolização com sucesso, em mais de 1400 pacientes com fibromiomas uterinos, está agora a realizar a embolização na hiperplasia benigna da próstata. No nosso país, realiza-se no Hospital Saint Louis, desde Março de 2009, tendo já sido tratados mais de 350 pacientes.

    EM QUE CONSISTE A EMBOLIZAÇÃO?

    Para a realização da embolização, sob anestesia local, e sem perda de sangue, efectua-se um pequeno orifício de 1.5 mm de diâmetro na virilha, através do qual se coloca um fino tubo plástico, catéter. Mediante monitorização por um aparelho de raios X digital sofisticado, o catéter é dirigido para as artérias prostáticas. Partículas embolizantes de pequenas dimensões (PVA), como grãos de areia, são então injectadas numa das artérias prostáticas, entupindo parte dos ramos que irrigam a próstata, poupando, contudo, a artéria pudenda interna e as artérias do pénis, para que o paciente possa manter a função eréctil. A embolização é depois repetida para a artéria prostática do lado oposto, através do mesmo orifício e pelo mesmo catéter.
    A técnica dura geralmente entre 1 a 2 horas, estando o doente consciente e podendo mesmo visualizar o tratamento no monitor de televisão. Completada a embolização, retira-se o catéter, efectua-se compressão manual durante cerca de 10 minutos e coloca-se um pequeno penso compressivo, que deve ser mantido até à manhã seguinte. Quatro horas após a embolização, o doente já se pode levantar do seu leito e deslocar-se para urinar. O internamento dura apenas algumas horas e a quase totalidade dos pacientes vai para casa após o jantar, se a tensão arterial estiver normal, mesmo que residam a várias centenas de kms de Lisboa. Neste período, haverá um contacto permanente com a equipa médica, para avaliar queixas ou esclarecer quaisquer dúvidas.
    O Hospital St. Louis é o centro a nível mundial, com mais experiência e com maior número de doentes tratados. Por tal motivo, um número considerável de médicos estrangeiros e professores de Medicina, já se deslocaram a Portugal para observar a técnica bem como pacientes estrangeiros para serem tratados.
    QUANTO TEMPO DURA O INTERNAMENTO?
    O doente é internado 1 a 2 horas antes da embolização e terá alta no mesmo dia 3 a 8 horas depois, se a tensão arterial estiver normal. Nesse dia deverá permanecer todo o dia deitado.
    No dia seguinte à embolização, o doente não deve estar acamado, podendo na maioria dos casos, retomar a sua vida normal, não devendo, contudo, conduzir durante 2 dias.

    QUAL É A PERCENTAGEM DE ÊXITO DA EMBOLIZAÇÃO?
    Nos mais de 350 doentes já tratados no Hospital Saint Louis, observou-se melhoria significativa em cerca de 75%-80%. Nos doentes tratados com êxito verifica-se uma melhoria dos sintomas e podem suspender os medicamentos que há anos tomavam para a próstata. Dos 42 doentes que estavam com algália, algumas semanas após a embolização, retirou-se a algalia e presentemente a grande maioria, 40 pacientes urinam, sem qualquer dificuldade, e sem qualquer medicação para a próstata.
    A fim de melhorar os resultados, os doentes, cujas artérias estejam muito envolvidas pela arteriosclerose, revelado pela Angio TAC, são excluídos. Oitenta dos doentes tratados tinham próstata de volume superior a 100cc.
    QUAIS SÃO OS RISCOS ASSOCIADOS À EMBOLIZAÇÃO?
    Como qualquer técnica inovadora em Medicina, é, na fase inicial, considerada experimental. Porém, graças aos bons resultados e poucas complicações, está a ser efectuada em vários centros mundiais, sendo o Hospital St. Louis centro de referência onde já se deslocaram várias dezenas de médicos para aprender a técnica.
    A maioria dos doentes não sente qualquer sintoma durante a embolização. Alguns podem referir ligeira dor, ardor ou calor na uretra no ânus, ou noutros órgãos pélvicos que são facilmente controlados com medicação apropriada.
    As complicações são as de qualquer cateterismo, sendo as mais frequentes, o hematoma no local da punção e a equimose, ou seja, a cor roxa da coxa e mais raramente na barriga. Menos frequentes (10%) são a infecção urinária, facilmente evitada com a toma de antibióticos iniciados antes da embolização e a urina com sangue. Muito raros (2%) são a existência temporária de sangue na urina e no sémen. Contudo, estas reacções adversas desaparecem ao fim de alguns dias sem tratamento.
    Em 8 dos doentes tratados houve necessidade de colocar algália durante o tratamento, sendo retirada posteriormente. Apenas um doente permaneceu com algália após a embolização. Pode ser eventualmente necessário durante ou após o tratamento a colocação de uma algália temporária nos casos em que os doentes não conseguem urinar.

  33. NEWTON DOS SANTOS SILVA says:

    Quem faz esse tratamento na Bahia?

  34. elizabetep says:

    O dr. Nestor Kisilevzky

  35. Claudio says:

    Boa tarde,
    Gostaria de saber se algum médico de Brasília faz esse procedimento? Grato

  36. elizabetep says:

    Indicamos o Dr. Nestor Kisilevzky de S. Paulo.

  37. edvaldo pedro da silva says:

    GOSTARIA DE FAZER ESSE PROCEDIMENTO. QUERIA UM ORÇAMENTO. GOSTARIA DE SABER AINDA SE HÁ RISCO DE FICAR COM EJACULAÇÃO RETRÓGRADA.

  38. Jose Assis Silva says:

    Gostaria de saber. Em Salvador, Bahia, onde posso encontrar um medico que possa proceder a EMBOLIZACAO, e os planos de saude aceitam este procedimento.

  39. elizabetep says:

    respondido via mail

  40. José Mestre says:

    Boa noite,tenho 52 anos e foi-me diagnosticada HBP, tomo Tansulosina 1x/dia e tenho a micção relativamente controlada embora com indicação para cirurgia laser logo que a medicação deixe de ser eficaz. No caso de pretender optar pela “Embolização”,gostaria de saber o preço e se existe acordo com o “ISAFA/ADM” ou qualquer outro acordo/situação em seja possível reduzir o preço que presumo rondar os 4.000€.
    Grato pela atenção

  41. elizabetep says:

    Temos acordo com a Multicare, Advancecare, Médis e Allianz.
    Com a ADM só temos acordo para consultas.
    O preço para particular é de 4.300€. Qualquer questão pode entrar em contacto pelo telefone 213216557.

  42. Robson says:

    Gostaria de sabe onde posso encontrar aqui em SALVADOR-BAHIA um medico que faça a EMBOLIZAÇão.

  43. elizabetep says:

    Em São Pulo tem o dr. Nestor Kisilevzy

  44. ANTONIO HENRIQUE FARIA says:

    Favor informar se há alguém aqui em Vitória, ou na Grande Vitória (Vila Velha, Serra, Cariacica, Viana, Guarapari) que esteja fazendo esse procedimento.
    Grato pela atenção

  45. elizabetep says:

    Em S. Paulo o Dr. Nestor Kizilevsky drnestor@embolution.com.br

  46. Djalma Péres Jr says:

    Gostaria de saber onde se faz a “embolização das artérias da próstata”, que exames pré embolização preciso fazer, se possível ter uma idéia do valor da cirurgia e se posso faze-la de imediato. Abs. Djalma

  47. Paulo Ovidio Luz Machado says:

    Necessito saber se em Manaus-AM existe algum hospital ou médico executando este procedimento de Embolização de arterias prostática?

  48. elizabetep says:

    respondido por email

  49. elizabetep says:

    dada resposta por email

Deixe o seu comentário: