Hiperplasia Benigna da Próstata - Novo tratamento - Introdução

Fig. 1

A próstata é uma glândula anexa ao aparelho genital masculino, situada profundamente na escavação pélvica, por baixo da bexiga, adiante do recto e por baixo da sínfise pélvica.
Encontra-se em volta da porção inicial da uretra (a uretra prostática), do colo vesical e das vias espermáticas, tendo como função produzir o liquido prostático que é expulso durante a ejaculação dando aos espermatozóides propriedades activadoras e mobilizadoras.
Na idade adulta e com o envelhecimento, ocorre o crescimento prostático na maior parte dos homens, que pode originar aperto da uretra e causar problemas da micção.
As dimensões consideradas normais no adulto são de 20 a 25cc.
A Hiperplasia Benigna da Próstata (HBP) é uma patologia muito comum em homens de meia-idade e idosos, com sintomas muito debilitantes que condicionam a qualidade de vida. Trata-se de aumento benigno do volume da próstata, pela proliferação adenomatosa, não maligna, que pode obstruir as vias urinárias inferiores. O aumento de dimensões da prostata se não for acompanhado de sintomas graves não necessita de tratamento. Tratamos sintomas e não imagens!

Fig. 2


A incidência da hiperplasia benigna da próstata (HBP) aumenta com a idade. Ocorre dos 40 anos de idade em diante, sendo mais comum a partir dos 60 anos. Atinge cerca de metade dos homens acima dos 65 anos e a quase totalidade (90%) entre os 70 e 80 anos. Em 15% dos doentes com HBP é necessária cirurgia.
O seu desenvolvimento conduz à obstrução progressiva do fluxo urinário, a que se associa frequentemente uma hiperactividade do músculo detrusor da bexiga. Estas alterações hemodinâmicas levam aos típicos sintomas de deficiente armazenamento vesical (polaquiúria -aumento do número de micções, e nictúria – aumento das micções durante a noite) e de deficiente esvaziamento (fraco jacto urinário e intermitência).

A embolização da próstata e dos fibromiomas uterinos e todas as técnicas de Radiologia de Intervenção são efectuadas no Hospital Saint Louis pela equipa de Radiologia de Intervenção. O Chefe de equipa é Professor Catedrático da Faculdade de Ciências Médicas, da Universidade Nova de Lisboa e pioneiro, no país, naquelas técnicas que introduziu em 1980.

Devido às pequenas dimensões e anatomia complexa das artérias prostáticas, um assistente de Anatomia, integra a equipa de intervenção da qual fazem parte igualmente uma radiologista, assistente de Radiologia e um Professor de Urologia, todos na Faculdade de Ciências Médicas. A equipa integra também outro radiologista de intervenção em via de terminar o doutoramento. A excelência da técnica e os bons resultados obtidos, na maioria dos pacientes já tratados, deve-se à constituição da equipa da qual fazem parte radiologistas de intervenção, um anatomista e um urologista e à cuidadosa selecção dos pacientes. Mesmo doentes com retenção urinária e algália podem ser tratados com êxito e sem alterações da função sexual que pode até melhorar em cerca de um terço dos pacientes. A técnica efectua-se sob anestesia local, sem dor ou apenas com ligeira dor, com curta hospitalização, melhoria quase imediata e rápida recuperação.

402960013-A-PAE-FlipChartFINAL-pag04_alterado 402960013-A-PAE-FlipChartFINAL-pag06_alterado 402960013-A-PAE-FlipChartFINAL-pag08_alterado 402960013-A-PAE-FlipChartFINAL-pag11_alterado

 

Partilhe este conteúdo

Comentários: 13

  1. roberto edson says:

    caro amigos,
    tenho hiperplasia desde 1997 e o meu PSA sempre é alto 9, 10. no momento gostaria muito de sua orientação para tratamento clínico se possível. tenho 57 anos e, talvez herdei isso do meu pai. aguardo sugestões. obrigado.

  2. Hermenegildo Soares Ramos says:

    Senhores:
    Devido a valores variáveis ao longo de várias análises ao psa ( desde 3.8 a 8 , subindo e descendo ao longo de 4 anos,apresentado, portanto, um “gráfico” irregular, estando agora nos 3.5 -tenho 57 anos- ), tendo, ao toque, um volume prostático de cerca de 3.3, fui aconselhado a realizar biópsia prostática. Todas as doze amostras retiradas diagnosticaram HBP.A micção processa -se durante o dia tal como sempre me conheci, com normalidade,penso eu.A não ser que ingira líquidos antes de me deitar, não tenho nuctúria. De manhã, aquando da micção, o jacto urinário não é farto, processa-se com lentidão mas sem qualquer tipo de desconforto ou dor. Conforme vai evoluindo o meu dia de trabalho, o acto de urinar apresenta um jacto ligeiramente mais caudaloso. Se eu beber alguns líquidos durante o dia, desde manha até à hora de deitar, por volta da meia-noite,tenho uma média de 6 micções. Se beber líquidos, essa média, obviamente, sobe, e o caudal é mais farto.
    Será possível darem-me uma opinião sobre este assunto? Meu pai aos 82 anos foi operado visto ter dificuldade em urinar. Faleceu com 85 anos, mas não por causa desse problema.
    Aguardo generosamente um contacto.

    Um bem haja para toda a equipa.

    Hermenegildo Soares Ramos

  3. Maria João Abreu says:

    O meu pai tem 87 anos e desde Outubro de 2010 foi-lhe diagnosticada hiperplasia da próstata. Foi algaliado diversas vezes, por retenção urinária, já se tentou retirar a sonda, mas volta a fazer retenção urinária. Foi-lhe dito que terá que usar sonda vesical para o resto da vida dele. Em Dezembro passado fez uma Eco que relata ter uma próstata com 70grs, com contornos regulares mas lobulados. Será que, atendendo à idade tem hipótese de ser submetido a uma embolização?

  4. TENHO HIPERPLASIA BENIGNA DA PROSTATA DESDE OS 46 ANOS(presentemente tenho 60 anos) todos os dias tomo os comprimidos que me foram prescritos pelo medico de familia.continuo a ter dificuldades de manhã por vezes tomo 1 comp.pela manhã e outo à tarde. O meu medico disse-me que ia sair um novo medicamento que tinha dupla ação.Gostaria que me informassem se ja saio.Sem outro assunto atentamente

  5. Graça lima says:

    Boa tarde. Meu pai tem 83 anos, 5 anos atras fez cirurgia de prostata e começou com retençao urinaria , levei varias vezes para o medico que operou e o mesmo me informou que meu pai tinha que usar sonda e ja faz quase 2 anos que ele esta usando sonda, gostaria de saber se ha alguma possibilidade de tirar a sonda do meu pai e se algum tratamento para cura-lo?

  6. guilhermina pereira says:

    ola boa tarde. O meu marido tem 73 anos e foi-lhe diagnosticado a próstata com o valor estimado de 45cc e apresenta-se heterogénea por leve hiperplasia adenomatosa . Gostaria de saber a que nível corresponde este valor.

  7. elizabetep says:

    Respondido por email

  8. elizabetep says:

    resposta dada por email

  9. bianchi michel says:

    bjr interessé par la technique du professeur pisco et de l hôpital st louis comment dois je faire pour prendre rendez vous pour l intervention et combien de jours sont necessaire je reside en France merci d avance salutations

  10. Pina says:

    vai ser respondido por mail

  11. Fernanda Silva says:

    O meu marido tem hiperplasia benigna E o PSA a 5,92 fez eco transretal e diz que está tudo bem será possível obrigado

  12. Pina says:

    ira ser respondido por mail

  13. Jofre Quintairos Jacob says:

    Acabei de receber exame de ressonância magnética da próstata e como resultado deu hiperplasia adenomatosa da próstata além de alterações multiparametricas na base e terco médio póstero mediais do lobo esquedo.
    Pirads: cat 4
    Gostaria de saber o que isso significa e qual o tratamento pois em relação a sintoma a única coisa que sinto é o fato de ter pouca força para urinar. Apesar de não ter dificuldades de urinar noto que não tenho mais aquela força de antes. Dificilmente acordo para urinar. Quando ocorre não passa de uma vez. Não tenho nenhum sintoma fora isso. Prático sexo quase que diariamente, mas utilizo para isso sildenafila, pois tenho dificuldade de manter ereção sem ajuda de remédio.
    Fiz o exame a pedido médico uma vez que a cada seis meses realizo PSA e sempre da alto, em torno de 4, mas como agora deu mais de 6 fui ao médico realizar exame do reto e ele pediu esse exame.
    Como moro num centro menos avançado em medicina gostaria de saber de vocês qual o tratamento que vocês indicam e as consequências .

Deixe o seu comentário: