Hiperplasia Benigna da Próstata - Novo tratamento - Vantagens da Embolização

A embolização da HBP é uma técnica minimamente invasiva, efectuada sob anestesia local, sem dor, ou com dor mínima, e sem perda de sangue, em regime ambulatório, com um tempo de internamento minimo de algumas horas, sem necessidade de algaliação, sem perda de sangue, com tempo de convalescença  minimo de 2 a 3 dias, com complicações minimas em doentes bem selecionados, e sem alteração da actividade sexual.
A fim de evitar complicações e obter bons resultados, somos muito rigorosos na selecção dos doentes, e aqueles com aterosesclerose avançada ou grande tortuosidade dos vasos pélvicos ou com síntomas não significativos serão excluídos.
A embolização da HBP é uma técnica óptima em doentes criteriosamente seleccionados, e  esperamos que seja dentro de pouco tempo a técnica de futuro no tratamento da HBP.

Os únicos factos contra a técnica é não poder ser efetuada a todos os doentes com HBP, pois a aterosclerose avançada das artérias prostáticas pode impedi-la. Por outro lado podem existir numa pequena percentagem de doentes que pode não melhorar, percentagem essa idêntica a dos restantes tratamentos para a HBP.

Partilhe este conteúdo

Comentários: 7

  1. Ditmar Rufenach says:

    Hi how can one be consider for this treatment ? I have been living with BPH for 5 years.
    Thanks
    Ditmar Rufenach

  2. António Gomes says:

    Muito agradecia me informassem sobre que vantagem apresenta a embolização face à cirurgia (incisão) a laser,designadamente,no domínio sexual.

    Muito obrigado,

    António Gomes

  3. Pina says:

    Sr. António a sua questão será respondida por email

  4. Fernando Pires says:

    Já fui Embolizado pelo Sr.Professor Dr. João Martins Pisco, e encontro-me muito bem, sem dores, urino com facilidade,e faço uma vida normal, Os meus agradecimentos ao digníssimo professor, e sua equipe. Parabéns.e um muito obrigado.Fernando Pires

  5. Pina says:

    Otimo, Parabens e Obrigado

  6. Avelino Maria Cardoso says:

    A minha pergunta é: Com a Embolização deixa de haver irrigação sanguínea. A próstata atrofia e os sintomas desaparecem. A interrupção da irrigação é total?
    Se interromper a irrigação sanguínea, não haverá necrose, o que originará a retirada da próstata?
    Obrigado

  7. Pina says:

    Bom dia Sr. Avelino,

    Com a embolização não deixa de haver irrigação sanguinea a prostata continuará a receber sangue de outras artérias. A introdução não é total. Os sintomas poderão desaparecer em 80 a 90% dos casos, não haverá necrose.

    Cumprimentos,

Deixe o seu comentário: