Hiperplasia Benigna da Próstata - Novo tratamento - Indicações para a Embolização

As principais indicações para a embolização da próstata são:

  1. Em doentes que, por motivos religiosos (testemunhas de Jeová), ou outros não queiram ser submetidos a cirurgia ou a transfusões sanguíneas poder-se-á considerar a opção de embolização prostática;
  2. Doentes com sintomatologia do Aparelho Urinário Baixo ou indicação cirúrgica absoluta (retenção urinária, obstrução prostática, hematúria);
  3. Contudo, qualquer doente do sexo masculino com idade superior a 50 anos e diagnóstico de Hiperplasia Benigna da Próstata, com síntomas graves, pode ser tratado por embolização, se não existir acentuado envolvimento das artérias prostáticas por arterosclerose.
  4. Ausência de problemas urinários que podem causar os mesmo sintomas que a HBP. Em caso de duvida deve efectuar estudo urodinâmico.
  5. Só efectuamos a embolização se os sintomas forem causados pelo aumento de dimensões da prostata, a fim de podermos ter bons resultados.
  6. Iniciamos já o tratamento  ao cancro da Prostata. Para o efeito um farmaco anticancerigeno é adicionado às particulas injectadas através do cateter. Os resultados estão a ser promissores.  A técnica será identica à efectuada nos tumores malignos do figado nas quais se observa uma persentagem significativa de cura.

Este tratamento não se efectua para melhoria da impotência sexual. Contudo, alguns doentes poderão ter redução da função causada pela medicação para a Hiperplasia benigna da próstata e nestes pacientes a função sexual poderá melhorar.